Homem é detido por tentar fazer o maior remédio homeopático do planeta

0
14345

Após a tentativa de diluir 700 gramas de remédios no mar, Seu Carlos, como é conhecido, foi preso por liberar medicamentos, a nível global, sem a liberação e análise do governo (previsto no artigo 273, parágrafo 1º-B, do Código Penal).

Segundo o chefe da Polícia Federal, ele queria o caos global. E continuou: “as pessoas do mundo todo deixariam de irem ao médico em troca de beber alguns goles de água do oceano (que, no caso, se tornaria um gigantesco remédio homeopático)”.

Médicos do mundo todo ficaram assustado e com medo de perderem seus empregos. Numa entrevista, Shawn Michael dos Estados Unidos, médico há 45 anos, lamentou tal medida que poderia fechar clínicas, hospitais e trazer imenso desemprego da área da saúde pois o oceano se tornaria uma infinita fonte de cura homeopática.

Em entrevista com Seu Carlos (que tentou fazer do oceano um gigante remédio homeopático), ele afirmou que essa medida era justa e eficaz. Ele disse – “teríamos cura de forma global e sem gasto elevado de dinheiro. Sendo que, até os próprios seres marinhos, poderiam usufruir do remédio”. E, por fim, alegou que o nível de sal dos oceanos não atrapalharia em nada, só seria um tira-gosto para as pessoas após a diluição do remédio.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here