Terra plana ou esférica? A luta tem reviravolta

2

Após várias refutações “youtubeanas” e “facebookeanas” dignas de respeito que os globalistas tiveram ao longo destes últimos 3 anos, o debate volta à tona.

Quando tudo estava por fim e a população começa a aceitar a ideia da Terra Plana, surge algo inesperado.

A Terra é plana ou esférica? Uma das maiores refutações contra os globolóides (apelido criado entre os cientistas da terra plana) que existe, é o termo semântico da palavra “Planeta”: nós o conhecemos como planeta, por isso que é plano, se fosse redondo, seria redondeta.  Até o dia 30/11/2017 não havia nenhuma refutação para esse termo. Até que, Osvaldo Silva, um professor conceituado em letras pela respeitada Universidade Occult Science of erased Letters, resgatou um termo semântico que impressionou a bancada cientista. Segue o raciocínio:

Quando um indivíduo não tem mão, ele é considerado maneta;
Quando o indivíduo não tem perna, ele é considerado perneta;
(sem espaço para o indivíduo sem punho aqui);
E, quando algo não tem plano? Logo, o consideramos como planeta.
Então, o Planeta é esférico pois não há plano nele.

Assim, após anos de silêncio e conformação com o formado plano da Terra, o debate volta com força total.

Grupo de hackers corinthianos derruba WhatsApp em manifestação a favor da neutralidade na Internet

0

Hoje, 30 de novembro de 2017, o grupo de hackers brasileiros “Vai Corinthians!”, usando servidores alocados em Taiwan, China e União Soviética, a partir do sistema operacional Kali Linux, atacou o WhatsApp como uma forma de manifestar repúdio às politicas de Donald Trump, que visam acabar com a neutralidade na Internet.

O grupo assumiu a autoria do ataque no fórum de cibersegurança e ativismo CGURA-O-Chan, onde autoridades norte-americanas têm buscado encontrar hackers responsáveis por vazar dados da NSA e NASA em resposta ao antigo governo de G. W. Bush.

O grupo também afirmou que achou uma brecha de segurança nos servidores que tornou possível a descriptografação das mensagens dos usuários da rede, o que significa que as mensagens privadas, incluindo vídeos e fotos, acabaram sendo vazadas.

O Facebook, representante oficial do WhatsApp, ainda não deu qualquer pronunciamento.

Numerólogos foram proibidos de prestarem ENEM

0

Foi aprovado, na última sexta-feira, pelo Senado, a proibição de numerólogos no maior vestibular do país, o ENEM.

Isso se deu pelo recurso que o MEC entrou contra tais pessoas, simplesmente por entenderem que ser numerólogo é trapaceador. Justificando apenas pelo alto nível de conhecimentos matemáticos, paranormalidades e pluridimensionalidades que eles contêm.

No último vestibular, um numerólogo, além de fazer a prova, começou adivinhar a vida de quem elaborou a mesma de matemática. E exigiu que viesse a conhecer essa pessoa. Ele argumentou que ninguém escolhe números por acaso, nem mesmo ao elaborar uma prova. “Havia uma mensagem por trás de cada sequência de números no vestibular” disse ele (que não quis que divulgássemos seu nome).

No Enem, ele zerou no conteúdo de matemática, mas explicou o porquê:

“Eu estava numa viagem astral e sentindo as vibrações dos números para enxergar a mensagem oculta por trás daquelas expressões matemáticas. Comecei deduzir todo o significado e por isso não consegui terminar a tempo mas o zero foi intencional, pois ele fazia todo sentido energético e vibracional.”

Ele não pôde revelar quais significados que fora encontrado nos números, mas as evidências são claras, disse ele, pois a data da prova foi 05/11/2016 ou seja, 0+5+1+1+2+0+1+6 = 16 = 1 + 6 =7, número que representa a perfeição. Com isso 7 + 0 ( zero é a minha nota) continua sendo 7, ou seja, o 7 deve ser imutável pois a perfeição é imutável.

Após isso, as pessoas ficaram sem entender, mas numerologia não é apenas pra entender, mas, também, sentir – finaliza o numerólogo.

Cientista da Matrix descobre a existência de Universos Paralelos

0

O cientista Michio Tyson, astrofísico da Universidade de Guerra nas Estrelas de um Universo Paralelo da Sexta Dimensão Espacial, encontrou fortes evidências da existência de universos paralelos semelhantes ao nosso.

Em seu experimento, Tyson e seus colegas (TYSON, et al., 4000), conseguiram desenvolver uma máquina de teletransporte, que é baseada no conhecimento da Mecânica Futuriana. Segundo Tyson, o desenvolvimento dessa teoria física marcou a superação da obsoleta teoria quântica de campos.

O resultado

Tyson entrou e ligou sua máquina, e, em seguida, conseguiu teleportar para nossa dimensão espacial, encontrando não apenas nossa galáxia, mas também o Planeta Terra. Além disso, o astrofísico ficou pasmo ao descobrir que o nosso planeta é o único que é plano, confirmando assim a teoria da Terra Plana.

Os resultados foram publicados na revista Pseudoscience.

Referência:

  • TYSON, Michio S. et al. Parallel Universes exist and I came from the Matrix. In: Pseudoscience. PUMU, 4000. p. 1000-2200.

Encontrado o gene da construção social

0

O biólogo Steven Coelho, pesquisador da Universidade Federal do Determinismo Biológico, encontrou a mais forte evidência de que a construção social tem origem biológica, o que refutaria não apenas a base das ciências sociais, mas também o construtivismo social dos pós-modernos.

Seu estudo consistiu em criar um laboratório do tamanho do estádio do Maracanã para submeter à experiência empresas e indústrias. Sua metodologia consistiu em analisar o DNA de uma empresa de guaraná, que seu lema parece ser do “dollynho, seu amiguinho”, e mapear o código genético para buscar entender sua origem biológica. Sua descoberta revelou a existência de um gene, nomeado de VTNC, que seria responsável por fazer com que empresas e indústrias surjam espontaneamente.

Um de seus colegas de laboratório, conhecido como Samuel Morgana, publicou um segundo artigo baseado neste estudo, onde conseguiu quantificar os resultados e postular uma lei matemática da biologia. Em resumo, sua lei pode descrever a emergência de todos os objetos, que antes acreditavam ser construídos socialmente, em termos puramente biológicos.

Os resultados do primeiro estudo foram publicados na revista Inatismo, e o segundo estudo foi publicado na revista Matemágica.

Conferência internacional de Jesuses sediada em Jerusalém ocorre na próxima semana

0

Os irmãos de cromossomo sexual único e X (não veio o Y de João) se reunirão para discutir quando retornarão – seja por aparições em nuvens, espirituais ou em fatias de pão. Muitos já tiveram suas presenças “confirmadas”.

Foto: Reprodução (MMXVII Anno Autem Foederis Fratrum Jesu)

São eles, o Jesus “negão” (usado, por exemplo, pelos portugueses na África), o Jesus tradicional europeu (árabe e mesmo assim misteriosamente loiro dos olhos azuis), o Jesus que diz que pastor tem que ser rico e também o que diz que temos que dar todas nossas riquezas pros pobres.

Foto: Selfie do “Jesus tradicional europeu”, encontrado em seu facebook.

A possível surpresa dessa vez é a presença do Jesus científico, aquele teorizado de como ele seria pelos traços árabes, etc. Possível surpresa pois sua existência não é confirmada, tendo em vista que o único registro histórico dele é o Antigo testamento. Ingressos teoricamente poderão ser encontrados aqui, tendo em vista que não temos registros históricos de sua disponibilidade.

Foto: Reprodução – “Jesus científico”

Fonte: Arial
Tamanho: 12
Espaçamento entre linhas: 1,5
Padrão ABNT

Remédio homeopático mata sede instantaneamente

1

Foi empiricamente comprovado a eficiência de um remédio homeopático para eliminação da sede em qualquer indivíduo.

O teste foi feito em Berlim, capital da Alemanha, com 5700 pessoas e todas tiveram a mesma eficácia ao ingerir a pílula KYT – sigla em inglês para kill your thirsty (mate sua sede, em tradução livre).

A forma de uso da pílula é simples e bastante prático: ao sentir sede, basta pegar uma pílula e tomar juntamente com 2 copos d’águas que a sensação de refrigério logo aparece.

Em entrevistas com um dos colaboradores do estudo, foi dito que é nitidamente algo inovador, a pílula KYT é  para inovar a ciência e aquecer o mercado.

A ONU já está agendando uma reunião entre seus membros para que todos países, principalmente aqueles que se encontra em estado de emergência devido a sede, possa ter acesso a pílula KYT.

Curso de “Geobiologia Espiritual”

0

Vanise de Meideiros, defensora da ciência e da razão, residente em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, divulgou em seu Facebook um novo tipo de câncer, conhecido como Geobiologia Espiritual.

Geobiologia espiritual, diferente da astrobiologia, psicobiologia, sociobiologia ou paleobiologia, não é uma ciência emergente, também não é uma protociência, mas é um câncer do tipo mais avançado de pseudociência.

Na geobiologia espiritual, esotéricos aplicam fantasias e delírios sob o rótulo de “conhecimento sagrado” – como, por exemplo, a conhecida “geometria sagrada”, que não é matemática, mas atribui significado sagrado aos números – para afirmar que a frequência do som harmoniza e traz equilíbrio para a vida, algo possível graças a aplicação de técnicas que visam manter a hierarquia do equilíbrio espiritual da Terra. Além disso, a geobiologia espiritual parte do princípio do que os seres humanos possuem um campo magnético, e que certas cargas elétricas podem melhorar ou prejudicar a sua qualidade de vida. (Jesus Cristo, sim!)

Para prejudicar um pouco mais a sua visão, porque não existe a opção “desver”, clique aqui.

Pessoas que chamam a ciência de “cartesiana” e “positivista” são cotadas para o prêmio Nobel de Filosofia

3

Não é de hoje que a The University of Facebook vem formando uma série de profissionais nas áreas de economia e política. Agora, de forma não surpreendente, o Facebook também está formando profissionais na área de filosofia e tecnologia, e são eles os candidatos para o prêmio Nobel.

Em uma série de publicações contra a pseudociência, realizadas por uma página promotora da ciência e do pensamento crítico, filósofos de Facebook comentaram, fazendo alusão à ciência, de que ela é “cartesiana e positivista”, porque, segundo um dos autores, “a ciência está fechada em um dogma materialista que cega os cientistas”.

Esses filósofos endossam o filosofismo, que é a crença de que a filosofia pura é mais confiável do que a ciência. Eles atacam qualquer descoberta científica que afirme existir alguma diferença biológica entre os gêneros, porque, segundo uma das ativistas do movimento, “a biologia é coisa do século passado“. Para eles, o construtivismo social, a crença de que a verdade científica é uma construção social, é o princípio filosófico mais profundo para explicar toda a realidade.

Para esses filósofos, a ciência seria cartesiana, porque usa a matemática para exatificar o comportamento individual e social, algo que, segundo eles, não seria possível, porque os seres humanos são subjetivos. Por esta razão, coisas como a neurociência social, a neuromatemática, a psicologia social e a sociologia matemática não seriam nem ao menos concebíveis.

Os filosofistas acreditam que as suas crenças estão acima das evidências científicas. Assim, de maneira convincente, tal como um matemático quando assume um conjunto de axiomas, eles asseguram que suas crenças são evidentes.

Quando são confrontados às evidências, eles asseguram que a “verdade depende do contexto histórico e social”, e, portanto, “todo sujeito deve construir a sua própria verdade”. Assim, eles justificam o seu construtivismo social e a acusação de cartesianismo na ciência moderna.

Em suas críticas mais conhecidas, os filosofistas acusam ainda a ciência de ser positivista. Em especial, eles acreditam que o problema da ciência é a sua preocupação com a objetividade e o rigor sintático, algo que é tratável através da lógica-matemática.

Para os filosofistas, devemos: (a) abraçar o mistério da mente humana, porque o espírito é a força motriz – isto é, a consciência humana (misticismo); (b) descartar qualquer pretensão de objetividade nos estudos sociais para abraçar alguma forma de subjetivismo, porque o comportamento individual e social é subjetivo (subjetivismo); (c) tratar todas as formas de conhecimento como igualmente válidas (relativismo epistemológico), porque (I) o conhecimento milenar é usado até hoje, (II) a ciência não sabe tudo, (III) tudo que era ciência agora é pseudociência, (IV) a ciência matou negros e pobres (eugenia e darwinismo social) e (V) a ciência criou a bomba atômica.

Apesar desses pensadores estarem sendo cotados para o prêmio Nobel de Filosofia, acredito que eu deva alertar o leitor desavisado de que acredito que suas ideias sejam completos disparates contra a ciência e a inteligência humana. Porque eles ignoram que: (a) a matemática também trabalha com probabilidades, assim como a mecânica quântica; (b) a sociologia matemática consegue quantificar informações de certos comportamentos através do auxílio de ferramentas de Big Data e Data Science para construir modelos matemáticos precisos; (c) existem modelos computacionais e matemáticos do comportamento e do cérebro humano no campo da psicologia e neurociência; (d) o materialismo é o princípio filosófico que, junto com o realismo científico, favorece a investigação científica, porque, ao pressupor que a realidade é cognoscível, instiga a curiosidade do pesquisador na busca de explicações profundas – apesar de serem imperfeitas, são melhoráveis – sobre a realidade; (e) o positivismo lógico é uma corrente filosófica que está morta, e o seu problema não é o de ser a pioneira na análise conceitual e elucidação das teorias científicas através da lógica e matemática, mas o de pressupor a eliminação da metafísica (ou ontologia) no papel da ciência (ou seja, eliminar a clarificação de conceitos usados na ciência, tal como “espaço”, “tempo”, “propriedade”, “realidade”, etc.) e aderir ao antirrealismo sob a influência do fenomenalismo de Hume, Kant e Berkeley; (f) o fato da ciência não saber tudo, não significa que não sabemos nada, ou que não existem falsidades, ou que não temos verdades parcialmente verdadeiras sobre a realidade, ou que devemos abraçar qualquer crença, por mais absurda que seja, por razões estéticas, emocionais ou falta de evidência; (g) a eugenia e o darwinismo social começaram nos Estados Unidos, e não na Alemanha nazista, apesar de serem hipóteses, inicialmente baseadas em interpretações equivocadas da teoria da evolução por Francis Galton e Herbert Spencer, e discutida por pesquisadores da época nos primórdios da antropologia evolucionista, elas nunca alcançaram o status de teorias científicas. Em resumo, o problema não foi a ciência, mas a política, porque os seus adeptos abraçaram hipóteses sem comprovações experimentais, que acabaram mostrando-se falsas; (h) existem diferenças profundas entre ciência e tecnologia, que são discutidas no campo da filosofia da ciência e da tecnologia. A bomba atômica é o resultado do mau uso da tecnologia, e não da ciência, em uma sociedade ética e politicamente decadente.

Nota do Autor

A única mentira é o fato de que os filosofistas irão receber algum prêmio equiparável a um Nobel. No melhor dos casos, eles são falastrões que deturpam a ciência e subestimam a inteligência humana através de jargões acadêmicos. Por esta razão, não confie nas pessoas que chamam a ciência de “cartesiana” e “positivista”, porque, como diria Jesus Cristo, “eles não sabem o que fazem”.

Revelado o segredo para fazer parte da comissão secreta da NASA

0
Adolf Hitler, cientista político da NASA, cumprimenta um extraterrestre do planeta Nibiru.

Em um artigo publicado na Vixra, periódico de ciência secreta da NASA, os cientistas revelaram o segredo para fazer parte da comissão secreta da NASA.

O segredo, mantido em segredo durante 50 anos, revela os passos para que um pesquisador ingresse nos projetos secretos da NASA (por exemplo, o projeto Engenharia Reversa de Discos Voadores e a Comissão de Avaliação de Relatos Astrológicos de Civilizações Extraterrestres).

Os seguintes passos, criados pelos assessores do ex-presidente dos Estados Unidos da América, incluem:

  1. Sacrificar um bode em cima de um pentagrama invertido
  2. Ouvir o disco da Xuxa ao contrário
  3. Ser maçom grau 33
  4. Chamar o Bolsonaro de Mito
  5. Ser graduado em ufologia
  6. Ser assinante da revista UFO
  7. Filmar discos voadores com uma Tekpix
  8. Entrar em contato telepático com seres extraterrestres
  9. Fazer uma viagem astral até Vênus
  10. Fazer uma suruba maçônica
  11. Ser terraplanista (porque a Terra, sim, é plana!)
  12. Descartas critérios epistemológicos que classifiquem a astrologia como pseudociência (conhecimento milenar é ciência)
  13. Ser abduzido por um extraterrestre cinza
  14. Tomar leite de uma vaca abduzida
  15. Repetir frases como “imposto é roubo!”
  16. Fumar folha de bananeira
  17. Usar foto oculta do Sagan em cima de um bode
  18. Denunciar a ameaça reptiliana no planeta Terra
  19. Compactuar com o fato de que o homem nunca foi a Lua (porque a banda Van Halen, que faz músicas no espaço, fixou um cinturão de asteroides ao redor da Terra)
  20. Denunciar a arqueologia como pseudociência (afinal, sabemos que foram os extraterrestres que construíram todas as pirâmides existentes)

O pesquisador da NASA, Chris Redfield , assegura que uma graduação em teologia aumenta as chances do convocação para a comissão secreta da NASA. Além disso, Claire Redfield, cientista de dados ocultos da NASA, prevê que as vagas para novos candidatos seja encerrada até a próxima data de fim de mundo, segundo alguma civilização antiga.